ga(\'set\', \'userId\', {{USER_ID}}); // Defina o ID de usuário usando o user_id conectado.

Mãos à obra! FAPEMIG lança 4 Chamadas da ordem de R$ 46,7 milhões

Publicado em
As propostas deverão ser redigidas conforme especificações de cada edital, estar em conformidade com o Manual da FAPEMIG e submetidas até dia 07 março de 2016 pelo Sistema Everest.

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG) começou o ano com boas notícias para pesquisadores e empresários focados em pesquisa, inovação tecnológica e desenvolvimento.

Com uma previsão de investimento da ordem de R$46,7 milhões, a Fundação, lançou no último dia 07, quatro editais, sendo que, a estrela do dia foi o Edital destinado à projetos para recuperação da Bacia do Rio Doce, fruto de uma parceria entre a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG), a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes) e a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

As propostas deverão ser redigidas conforme especificações de cada edital, estar em conformidade com o Manual da FAPEMIG e submetidas até dia 07 março de 2016 pelo Sistema Everest.

Sobre os editais:

1. Chamada Fapemig 01/2016 - Demanda Universal

Esta chamada visa apoiar financeiramente os projetos de pesquisa científica e tecnológica e de inovação nas diversas áreas do conhecimento. São consideradas elegíveis as propostas de Instituições de Ciência, Tecnologia e Inovação, sediadas no Estado de Minas Gerais e cadastradas junto à FAPEMIG, que atendam ao disposto neste edital.

A proposta a ser submetida deve ser elaborada conforme formulário eletrônico disponível no sistema Everest; não serão aceitas propostas de projeto elaboradas no formato tradicional; prever a elaboração de um PITCH (material de divulgação em vídeo voltado ao público leigo), conforme as diretrizes contidas na página da FAPEMIG;  definir as atribuições e contrapartidas de cada instituição; considerar a propriedade intelectual como um instrumento para promover o desenvolvimento da ciência; indicar o responsável pela execução da proposta e apresentar um termo de compromisso, assinado pela direção superior, confirmando sua participação e a aceitação de seu papel na parceria e a proposta deverá ser original. 

Os recursos alocados para financiamento desta Chamada, serão da ordem de R$ 23.000.000,00 (vinte e três milhões de reais), sendo definidos na Programação Orçamentária e Financeira da FAPEMIG conforme a Chamada 01/2016.

2. Chamada Fapemig 02/2016 - Programa Pesquisador Mineiro – Ppm X Apoio Ao Pesquisador Mineiro

Objetiva financiar, por meio da concessão de apoio financeiro mensal (grants) aos planos de trabalho vinculados a projetos de pesquisa científica, tecnológica ou de inovação, em desenvolvimento, financiados por instituições de fomento à pesquisa.

Os recursos alocados para financiamento desta Chamada, serão da ordem de R$ 8.160.000,00 (oito milhões e cento e sessenta mil reais), sendo definidos na Programação Orçamentária e Financeira da FAPEMIG.

A proposta a ser submetida deve conter o plano de trabalho do coordenador  discriminando: as atividades inerentes ao projeto de pesquisa que serão de responsabilidade do solicitante; prever a elaboração de um PITCH (material de divulgação em vídeo voltado ao público leigo); as diretrizes para a sua elaboração estão descritas na página da FAPEMIG; outras atividades que forem pertinentes ao desenvolvimento do projeto ao qual o plano de trabalho está vinculado, como orientação de bolsistas, elaboração e publicação de documentos técnicos, apresentação de trabalhos em eventos científicos e os resultados esperados.

O prazo de execução de cada proposta contratada é de até vinte e quatro meses, contados a partir de julho de 2016 conforme o Edital 02/2016.

3. Chamada Fapemig 03/2016 - Bolsa De Incentivo Ao Pesquisador Público Estadual - BIPDT

O intuito é fomentar a atividade de pesquisa científica, tecnológica e de Inovação, em área do conhecimento de interesse do Estado e incentivar a qualificação do pesquisador público estadual, por meio da concessão de bolsas de incentivo a pesquisadores, detentores de títulos de mestre e/ou de doutor, com vínculo funcional/empregatício na administração pública direta e/ou indireta do Estado de Minas Gerais e que estejam desenvolvendo projetos de pesquisa científica e/ou tecnológica financiados por agências oficiais.

Os recursos alocados para financiamento desta Chamada, serão da ordem de R$ 2.000.000,00 (dois milhões de reais), sendo definidos na Programação Orçamentária e Financeira da FAPEMIG.

A proposta a ser submetida deve contemplar o plano de trabalho a ser desenvolvido no período da bolsa; descrever o projeto vinculado ao plano acima conforme Formulário Eletrônico disponível no sistema Everest; explicitar os resultados esperados; prever a elaboração de um PITCH (material de divulgação em vídeo voltado ao público leigo). As diretrizes para a sua elaboração estão disponibilizadas na página da FAPEMIG.

As propostas submetidas serão analisadas pelo corpo técnico da FAPEMIG para verificar se atendem aos termos da Chamada 03/2016.

4. Chamada Fapemig/Capes 04/2016 - Tecnologias Para A Recuperação Da Bacia Do Rio Doce:

Serão destinados recursos da ordem de R$ 6,7 milhões a esta chamada. O objetivo é financiar projetos de pesquisa científica e tecnológica e de inovação visando à recuperação das áreas afetadas, no Estado de Minas Gerais, pelo rompimento da barragem em Bento Rodrigues dentro das 4 linhas temáticas abaixo:

       Linha temática 1 – Recuperação do solo

Foco voltado ao desenvolvimento de projetos e tecnologias para: recuperação das encostas e de planícies de inundações afetadas, redução da erosão, formação de solo agricultável, utilização industrial e artesanal da lama (tijolos, pavimentos, produtos cerâmicos), recuperação e mitigação dos danos nas matas ciliares.

Linha temática 2 – Recuperação da água

Foco voltado ao desenvolvimento de projetos e tecnologias para tratamento da água para uso humano e animal, e novas tecnologias para o adequado monitoramento da qualidade da água.

Linha temática 3 – Recuperação da biodiversidade

Foco voltado ao desenvolvimento de projetos e tecnologias para: identificação de fontes de espécimes e material genético capaz de prover o material biológico para o repovoamento das áreas afetadas com espécies nativas (microorganismos, vegetais e animais), recuperação da mata atlântica perdida pela ação antrópica, condições necessárias para o repovoamento com espécies nativas e cultivo de espécies nativas para fins de repovoamento.

  Linha temática 4 – Tecnologias sociais

Foco voltado na identificação dos impactos econômicos e sociais nas populações afetadas, visando mitigar os efeitos deletérios e de alternativas para a retomada da qualidade de vida das populações no novo contexto causado pelo desastre.

São consideradas elegíveis as propostas de Instituições de Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, sediadas no Estado de Minas Gerais e cadastradas junto à FAPEMIG, que atendam aos requisitos estipulados no Edital 04/2016.

Mais informações no site da FAPEMIG ou com os gerentes de acompanhamento empresarial da IEBT CenTev e do tecnoPARQ. Todos as chamadas encontram-se anexas e disponível para download. 

(FONTE: fapemig)

Arquivos para Download